Entidades reforçam importância da reciclagem

Conscientização sobre o correto descarte do óleo de cozinha

Na semana do Consumo Consciente, a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE), a APAS - Associação Paulista de Supermercados, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e o Sindicato da Industria de Óleos Vegetais (SINDOLEO) lançam uma parceria inédita para reforçar a conscientização sobre a reciclagem do óleo de cozinha usado.


Na live de lançamento do projeto, marcada para dia 15/10, às 14h, especialistas vão debater a importância do varejo na logística reversa do resíduo no estado de São Paulo e os benefícios do descarte adequado para a sociedade e o meio ambiente.


No final de 2020, as entidades assinaram um Termo de Compromisso, com metas anuais de recolhimento e destinação do resíduo, instalação de pontos de entrega voluntária em supermercados, distribuição geográfica das ações no estado, além de iniciativas de educação ambiental e comunicação. A meta para este ano é coletar 700 mil litros e chegar a um milhão em 2024.

 

"O óleo de cozinha é um item básico na mesa do brasileiro, mas o seu consumo pode gerar resíduos. A produção do óleo garante os cuidados com o meio ambiente, entregando um produto de qualidade aos consumidores, mas para completar o ciclo do consumo consciente e diminuir os impactos ambientais é necessário que o resíduo seja corretamente descartado. Por isso, trabalhamos em iniciativas com parceiros estratégicos", comenta Cindy Moreira, coordenadora de sustentabilidade da ABIOVE.  

 

É ocaso do Programa Óleo Sustentável, promovido pela entidade junto com o SINDOLEO, que desde 2012 informa a população sobre a importância da separação e descarte correto do óleo usado e os benefícios da sua reciclagem para o meio ambiente e o bem-estar das pessoas. Lembrando que o óleo vegetal usado serve como matéria-prima para a produção de biodiesel, produtos de higiene, tintas e até ração animal. Para o descarte correto do óleo de cozinha, é orientado que o líquido esfrie na panela, seja filtrado, colocado em um recipiente plástico e entregue em um dos2 mil pontos de entrega voluntária localizados no estado de São Paulo.


Para o presidente do Comitê de Sustentabilidade da APAS, Paulo Pompilio, a adesão dos supermercados é fundamental para a ampliação dos pontos de entrega e também para a estratégia de divulgação de ações que visam conscientizar os consumidores.


"Os supermercados associados da APAS que são parceiros desta iniciativa contribuirão para o sucesso do programa de reciclagem concedendo espaço para que a indústria instale os pontos de entrega voluntária em áreas acessíveis e divulgando campanha estratégica de conscientização, tirando melhor proveito possível desta relação de proximidade que existe entre o setor supermercadista com os consumidores e toda a população de um modo geral. O descarte adequado é fundamental para diminuir os impactos ambientais, beneficiando toda a sociedade", explica.


Para a FecomercioSP, é essencial o papel do varejo na logística reversa do óleo de cozinha usado, como destaca o presidente do Conselho de Sustentabilidade da Entidade, José Goldemberg. "Todos os agentes da cadeia de produção e consumo precisam fazer sua parte na logística reversa. Para esse sistema, o varejo tem a oportunidade de participar e contribuir tanto como ponto de coleta, como também de divulgação, sendo importante agente de incentivo para que os consumidores façam o descarte correto dos resíduos", afirma.


Acompanhe a live de lançamento do projeto. Inscreva-se pelo link: https://us06web.zoom.us/webinar/register/WN_WBSh1Dt-TSCP4FvC7WF8Qg




ORGANIZADORES

EMPRESAS PARTICIPANTES